26 de Abril de 2017 - Click PB - (574 acessos) Comentário

Após recarga de água por chuvas, comportas de Coremas são abertas e de Mãe d'Água fechadas

As comportas do Açude de Coremas foram abertas há uma semana para perenizar o Rio Piancó-Piranhas-Açu no sertão do Estado. O Comitê de Bacias da Agência Nacional das Águas (ANA) decidiu também fechar as comportas do Açude Mãe d’Água, também em Coremas, cujas águas eram utilizadas para perenizar os rios que agora estão recebendo as águas do outro reservatório.

De acordo com João Fernandes, diretor-presidente da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), o Açude de Coremas está “soltando inicialmente apenas 500 litros por segundo”.

No começo do ano o volume do Açude de Coremas estava em 13 milhões de m³ e hoje já alcança mais de 49 milhões de m³, de acordo com João Fernandes. Já o volume total do açude Mãe d’Água é um pouco superior a 31 milhões de m³. O aumento do volume no Açude de Coremas deve-se às recorrentes chuvas que têm caído na região. Apesar disso, o reservatório de água ainda permanece em observação pela Aesa, já que está com apenas 8,3% de seu volume total.

A água que sai dos açudes atende 26 municípios paraibanos com prioridade ao consumo humano, animal e urbano. Os quatro municípios do Rio Grande do Norte que eram abastecidos pela bacia paraibana não recebem mais as águas de Coremas, já que agora foi construída uma adutora para suprir o consumo da região.

Apesar de a medida ter desagradado parte da população da cidade, o presidente da Aesa enfatiza que “a água de Coremas nunca foi apenas para Coremas. É para atender o consumo das cidades da região” e lamenta que “algumas pessoas, equivocadamente, se acham donos da água”.

As comportas do Açude de Coremas foram fechadas quando o reservatório chegou próximo do volume morto e, então, foram abertas as comportas de Mãe d’Água. “A gente poupa Mãe d’Água e usa mais Coremas quando tem água porque Mãe d’Água está acima, em um ponto mais alto”, explica o diretor-presidente da Aesa.
Social:

21 de Julho de 2017

Publicidade

Visitas até o momento