2 de Fevereiro de 2017 - http://www.fatosdesconhecidos.com.br/ - (548 acessos) Comentário

4 cientistas que tentaram provar cientificamente que espíritos e alma existem

As ideias são bem divergentes quando se diz respeito à espíritos e alma. Algumas pessoas acreditam, outras ficam no meio termo e outras negam piamente. Tudo é uma questão de crença. Mas há alguns cientistas que, religiões à parte, realizaram pesquisas para tentar provar, não necessariamente que exista ou deixe de existir, mas que há algo além da materialidade humana.

Já mostramos aqui no Fatos Desconhecidos algumas hipóteses de cientistas que tentaram provar a existência de Deus. E para falarmos um pouquinho mais sobre o assunto, selecionamos uma lista de 4 teorias que tentam explicar, através de teorias matemáticas, físicas e experiências vividas baseando-se na medicina, esses mistérios da vida.

Conhece algum que não está na lista? Não esqueça de deixar sua opinião e comentar com a gente!

1 – Dr. Stuart Hamerroff e Roger Penrose

 

 

O primeiro, estadunidense, médico e professor emérito da Universidade do Arizona. O segundo, britânico, matemático e físico. Juntos desenvolveram uma teoria quântica que defende a existência da alma, e que esta encontra-se no interior de microtúbulos, que ficam dentro de nossas células cerebrais.

Através de cálculos matemáticos, a dupla conseguiu provar que nosso cérebro é como um computador biológico, que possui um processador quântico de informação, consequentemente, todas essas informações estão conectadas.

Nos casos de pós-morte, como explica o vídeo acima, “o argumento base da conexão quântica é que todo ponto no espaço-tempo está conectada.” Sendo assim, ‘ uma ruptura brutal no funcionamento normal do cérebro – como a morte – faria com que o cérebro não estivesse mais conectado a ele mesmo, perdendo seu estado quântico.”

Antoine Lavoisier já havia provado que “na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”, e com essa teoria em mente, podemos afirmar que a informação nunca pode ser perdida ou destruída, apenas transformada. Dessa forma, as informações que nos fazem ser quem somos apenas se transformaria, conectando-se novamente com o universo.

Mais informações podem ser adquiridas no documentário Through the Warmhole(Através do Buraco de Minhoca), narrado por Morgan Freeman. No qual o Dr. Harmerroff explica com detalhes a teoria.

2 – Leonhard Euler

ABAAABD7gAG-2

Foi um matemático e físico, nascido em 15 de abril de 1707, em Basileia na Suíça. Na época, a cidade onde se reunia os maiores centros matemáticos do mundo. Aos 7 anos começou a estudar com um professor particular, aos 13 frequentava palestras nas universidades locais e aos 16 recebeu seu diploma de mestrado, com uma dissertação que comparava os sistemas filosóficos de Newton e Descartes.

Tudo que se sabe sobre as crenças religiosas de Euler, deve-se às cartas enviadas a uma princesa alemã, e seu trabalho Defesa da revelação divina contra as objeções dos livres-pensadores, nos mostrando que o cientista era um devoto fervoroso.

Existe uma lenda que diz que o filósofo Denis Diderot, em uma visita à Rússia encontrou-se com Euler, que o recebeu anunciando a seguinte fórmula: “Senhor, \ frac {a + b ^ n} {n} = x, portanto Deus existe”. No momento, no tribunal que se encontravam foram-se abertas gargalhadas e, muito constrangido, solicitou sua saída do país.

3 – Christoph Benzmüller e Bruno Woltzenlogel Paleo

Provas-da-Existência-de-Deus-09

Os cientistas da Universidade Livre de Berlim e Universidade Técnica de Viena, respectivamente, reafirmaram o teorema do matemático Kurt Gödel, comprovando a existência de Deus. Através da lógica modal, eles mostraram que, pelo menos, em nível matemático a prova do matemático austríaco é verdadeira. Em sua apresentação  de “Formalização, Mecanização e Automação de prova da existência de Deus de Gödel” chega a dizer que “a prova ontológica de Gödel foi analisada pela primeira vez com um grau de detalhe sem precedentes e formalidade com a ajuda de provadores de teoremas de ordem superior.”

Mas o que os pesquisadores afirmam ter comprovado, não é a existência de um Deus, mas sim um teorema publicado pelo renomado cientista e que agora a possibilidade da evolução tecnológica baseando-se em tecnologia superior está muito mais palpável.

4 – Eben Alexander III

Baixar-Livro-Uma-Prova-do-Ceu-Eben-Alexander-III-em-PDF-ePub-e-Mobi-370x555

Um neurocirurgião de Harvard, que ficou em coma por uma semana, devido a uma forte meningite, no qual todo seu córtex, região responsável pelos pensamentos, memória, consciência e compreensão, não funcionava. Os médicos já o haviam desenganado e que, se vivesse, teria graves sequelas pelo resto da vida. Mesmo assim, o cientista acordou. Seu cérebro estava tão danificado, que apenas as funções primitivas funcionavam. E afirma ter vivido uma experiência de quase-morte, uma viagem ao céu.

Alexander escreveu um livro autobiográfico, chamado O Paraíso existe: uma viagem de um neurocirurgião em vida após a morte, conta que um esplendor perfeito nos aguarda, com nuvens, anjos e familiares. Conta que deixou seu corpo material para viver esse traquejo.

Sua publicação tornou-se best-seller em 2013, apesar de algumas revistas como Esquire, terem alegado que Eben fora suspenso ou rescindido de cargos de hospitais por conta de erros médicos e alterações de registros, para encobrir erros médicos.; a Forbes disse que “Alexander escreveu que entrou em coma em decorrência de meningite bacteriana grave e não tinha atividade cerebral superior, enquanto um médico que cuidou dele diz que o coma foi induzido e o paciente estava consciente, embora tendo alucinações.”

E aí, o que vocês acham?

Social:

27 de Junho de 2017

Publicidade

Visitas até o momento