5 de Fevereiro de 2017 - http://abelhasdosabugi.blogspot.com.br/ - (1431 acessos) Comentário

A planta Nim Indiano mata abelha?

Não sou a favor da introdução de espécies de uma região em outra.
Mas um esclarecimento a de ser feito sobre a planta Nim Indiana.
De uns dias pra cá ouvi umas historias carregadas de absurdos sobre essa espécie, que é nova em minha região. Morte de cachorro, diminuição de abelhas entre outros.

Mas a verdade é que a planta Nim Indiano não faz mal algum a animais de sangue quente, como o homem, cachorro, pássaros entre outros. 
E quanto a os insetos, não são todos que são suscetíveis a sua toxina, existem casos onde ela, alem de ser inofensiva atua no bom desenvolvimento do mesmo. É o caso das minhocas.

E quanto às abelhas e a outros animais, veja o que diz esta pesquisa:

(...) Ate o momento não foram encontrados nenhum efeito tóxico a animais de sangue quente incluindo pássaros, peixes, minhocas e demais organismos de solo.
(...) Em 1985 o E.P.A (Environment Protection Agency) aprovou o produto comercial Margosn – A para controle de trips, moscas brancas, minadores de folha, lagartas em geral, pulgas, traças, broca de chifre, baratas, lagartas militares em estufas, viveiros, florestas e residências com base em estudo de toxicidade realizado com essa finalidade.

Os dados sobre toxicidade são inúmeros. Para ilustrar podemos citar que em testes com abelhas o Nim demonstrou não afetar nem esses insetos benéficos quando em aplicações diretas. 
Diversas organizações internacionais como a GTZ da Alemanha tem promovido a pesquisa cultura e difusão do Nim como uma forma de reduzir a utilização de inseticidas sintéticos na agricultura principalmente nos países do terceiro mundo, já que no primeiro mundo eles contam com mecanismos eficientes que coíbem a utilização desses produtos venenosos.

Fiz varias pesquisas na internet, e não encontrei nem um tipo de menção sobre intoxicação de abelhas por parte desta planta, que ate agora tem provado ser uma aliada aqueles que querem trabalhar suas lavouras organicamente.  
Caso alguém tenha mais alguma informação a respeito, fique à vontade para acrescentar.

Isaac Soares de Medeiros
Social:

15 de Dezembro de 2017

Publicidade

Visitas até o momento