" /> Química Como a Química explica o Primeiro Milagre de Jesus: A Transformação da águaem vinho - CiênciaemFoco.com
27 de Junho de 2016 - Valter Luis dos Santos - (5704 acessos) Comentário

Como a Química explica o Primeiro Milagre de Jesus: A Transformação da água em vinho

É muito importante para entendermos essa relação entre Química e os Milagres, é analisar seus conceitos. Enquanto Química é uma Ciência natural que estuda a matéria, suas transformações e a energia envolvida nessas transformações. Segundo o Dicionário Aurélio, Milagre é um fato sobrenatural oposto às leis da natureza, portanto, maravilha, prodígio. Para que posamos explicar estes Milagres usando a Química é necessário adotar um novo conceito para Milagre.

 

Portanto, vamos considerar Milagre um fato natural que a Ciência ainda não tem como explicar na prática, no entanto é possível ser explicado teoricamente. O Primeiro Milagre Jesus e seus discípulos foram convidados para uma festa de casamento e aceitaram o convite (João 2.1-2). A certa altura das bodas, acabou-se o vinho (2.3). Era comum que as festas de casamento durassem sete dias, mas, sem vinho, isso não seria possível. O que fazer? Talvez pudessem comprar mais. Entretanto, é possível que os convidados não estivessem dispostos a esperar.

 

Fim do vinho significava fim da festa. Maria, mãe de Jesus, também estava presente e percebeu que o vinho tinha acabado (2.3). Não tendo poder para resolver a situação, ela foi falar com seu filho. Maria sabia que Jesus ia tomar alguma providência e deu, então, uma sábia orientação aos servos da casa: “Fazei tudo o que ele vos disser” (João 2.5). Os servos tinham muito trabalho a fazer, mas isso lhes daria a chance de serem participantes e testemunhas do milagre. Jesus mandou que os serventes enchessem de água seis talhas de pedra (2.7). Em cada uma delas cabia entre dois e três almudes, ou seja, entre 72 e 108 litros.

 

Era muita água para ser carregada. Então, o milagre aconteceu. Jesus transformou a água em vinho. O texto não traz explicações químicas ou biológicas a respeito do processo. O mestre-sala disse ao noivo: “Todo homem põe primeiro o vinho bom... mas tu guardaste até agora o bom vinho” (2.10). O problema foi transformado em bênção. Ali Jesus realizou seu primeiro milagre, marcando aquele casal e aquela cidade. Caná da Galiléia ficou definitivamente vinculada à maravilha da transformação da água em vinho. Na prática a Química não tem como realizar este procedimento de transformar água em vinho.

 

O que pode ser feito é explicar teoricamente o fato ocorrido. Explicação Científica - O que é vinho: O termo vinho é definido por lei em muitos países. No Brasil, é considerado vinho a bebida resultante da fermentação alcoólica do mosto da uva sã, fresca e madura, e que resulta em uma bebida com graduação alcoólica de 8,6% a 14% em volume. É proibida a aplicação do termo "vinho" a produtos obtidos a partir de outras matériasprimas. Segundo a academia do vinho, a composição química do vinho é: 1 – ÁGUA - O vinho contém de 85 - 90% de água, 2 – ALCÓOIS - Os alcoóis representam de 7 - 24% da composição do vinho, 3 – ÁCIDOS - Representam de 1 a 8% do total dos componentes do vinho, 4 – AÇÚCARES - Os açúcares representam de 0 a 15% da composição do vinho. Em termos gerais, existem 92 elementos químicos naturais, estes elementos se ligam quimicamente e formam moléculas ou íons, esses por sua vez se ligam e formam todas as substâncias que existem na natureza, inclusive o vinho, as principais substâncias formadoras do vinho em termos percentuais são ácido,água e álcool.

 

Uma reação química ocorre quando certas substâncias sofrem transformações em relação ao seu estado inicial (reagentes). Para que isso possa acontecer, as ligações entre átomos e moléculas devem ser rompidas e devem ser restabelecidas de outra maneira. Como essas ligações podem ser muito fortes, geralmente é necessária energia na forma de calor para iniciar a reação.

 

A ocorrência de uma reação química é indicada pelo aparecimento de novas substâncias (produtos), diferentes das originais (reagentes). Quando as substâncias reagem, às vezes ocorrem fatos visíveis que confirmam a ocorrência da reação. Dentre eles, podemos destacar: desprendimento de gás e luz, mudança de coloração e cheiro, formação de precipitados, etc. Muitas variáveis são envolvidas em uma reação química, tais como: concentração, pressão e temperatura.

 

As 3 substâncias; ácido, água e álcool são formadas por 3 elementos químicos; oxigênios, carbonos e hidrogênios. Não é difícil compreender que o que Jesus fez no seu primeiro milagre, transformando água em vinho, foi usando seu incrível poder mental para mudar a posição dos elementos químicos, controlar as variáveis; concentração, pressão e temperatura dentro das almudes de tal forma que estes constituíssem o melhor vinho. Poderíamos dizer na água não encontramos todos os elementos do vinho, no entanto esses elementos podem ser encontrados em outras substâncias, por exemplo, na água poderemos encontrar o carbono na forma de dióxido de carbono dissolvido. Portanto a transformação da água no vinho naquelas condições é perfeitamente compreendida desde que você aceite que Jesus tem poder suficiente para modificar a posição química dos elementos e controlar as variáveis do tempo e espaço, fato indiscutível.

 

Valter Luis dos Santos 

Social:

26 de Março de 2017

Publicidade

Visitas até o momento